outubro de 2017

Vereadora Erlita propõe “Ronda Maria da Penha” para proteger mulheres ameaçadas

 

Na última sessão ordinária da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, sob a presidência do vereador Agnaldo Teixeira Barbosa, o “Agnaldo da Saúde” (PR), na manhã de terça-feira (10/10), a vereadora Erlita Conceição de Freitas (PT), apresentou uma Indicação Legislativa solicitando ao Poder Executivo Municipal o estabelecimento de parceria com a Polícia Militar da Bahia para a criação da ronda “Maria da Penha”, um serviço periódico especial, para proteger mulheres vítimas de violência doméstica de Teixeira de Freitas.

Conforme a vereadora Erlita Freitas, o serviço é visando proteger as mulheres que vivem sob ameaça constante. E a criação da “Ronda Maria da Penha” da Polícia Militar seria para dar assistência as mulheres que conseguiram romper o ciclo do silêncio e ir à delegacia narrar suas histórias tenebrosas e solicitou a medida protetiva da justiça.

Para a vereadora Erlita, não importa se é em casa, na casa de parentes ou no trabalho, a ronda vai ao lugar indicado pela mulher vítima da violência. Pode ser em qualquer dia ou horário, de surpresa. A intenção é que o agressor saiba que ao se aproximar da mulher pode dar de cara com os policiais militares.

Outra Proposição – Na sessão da Câmara Municipal desta terça-feira (10/10), a vereadora Erlita Freitas ainda requereu a Prefeitura Municipal que seja feito serviço de iluminação e patrolamento na Rua Nova Conquista, no bairro Vila Verde. E que também seja feito em caráter de urgência redutores de velocidade, próximo ao Posto de Saúde e outros pontos estratégicos da Rua da Paz, no bairro São Lourenço. (Por Athylla Borborema).

 


Imprimir Facebook Twitter Google