novembro de 2017

Marcos Belitardo propõe fardamentos, EPIs e kits de materiais de uso permanente para agentes de endemias

 

Na sessão ordinária da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, na quarta-feira do último dia 1º de novembro, o vereador Marcos Gusmão Pontes Belitardo (PHS), teve aprovado uma indicação legislativa solicitando ao Poder Executivo Municipal que seja fornecido aos agentes de saúde e aos agentes de endemias do município, kits de EPI (Equipamento de Proteção Individual) contendo bolsa, camisa, boné árabe, protetor solar, máscara facial, luvas emborrachadas, além da aquisição de um rotatório endodôntico e profissional na fabricação de próteses para o CEO – Centro Municipal de Especialidades Odontológicas.

Conforme o vereador Marcos Belitardo os novos fardamentos, EPIs e kits de materiais de uso permanente para os agentes, propostos, estão sendo solicitados, em vista que os agentes de combate às endemias tem como atribuição o exercício de atividades de vigilância, prevenção e controle de doenças e promoção da saúde, desenvolvidas em conformidade com as diretrizes do SUS.

Ou seja, ressaltou o parlamentar, esse profissional deve atuar nas ruas de uma comunidade prevenindo e ajudando a combater doenças que possam causar epidemia, cujas atividades são fundamentais para prevenir e controlar doenças como dengue, chagas, leishmaniose, malária, entre outras, mas também deve se proteger permanentemente, munido de materiais necessários para que os servidores tenham condições de exercer suas atribuições com qualidade e segurança que a população merece.

De acordo com o vereador Marcos Belitardo, a entrega desses equipamentos de proteção individual será de extrema importância e uma grande conquista da categoria. “Investir na equipe é fundamental, pois podemos assegurar que a população tenha um atendimento de excelência. Ao investir nos EPIs, estamos contribuindo para a preservação de saúde dos nossos trabalhadores, garantindo mais segurança na execução dos trabalhos”, enfatiza.

E acrescenta: “O profissional que trabalha no controle e combate de endemias precisam se proteger de qualquer tipo de contaminação. Para que haja essa segurança dentro dos ambientes de trabalho dos agentes, que geralmente são áreas externas e endêmicas, são necessários cuidados e equipamentos específicos que os protejam. Trabalhos que vão desde aplicações de inseticidas, até a fiscalização do controle da dengue, estão expostos a riscos”, alerta o vereador Belitardo.

Marcos Beliardo também é o autor de uma proposição legislativa que requer o retornos dos tablets para os agentes de saúde que, segundo ele, com a utilização dos equipamentos gradativamente o uso de papel será eliminado, possibilitando mais agilidade no processamento dos dados e mais segurança na informação. O vereador Belitardo informa que os tablets contam com aplicativos específicos do Sistema Único de Saúde (SUS), que são usados na rotina de trabalho dos profissionais na atenção básica.

O parlamentar lembra que com o uso dos tablets, será possível consultar um banco de dados sobre a situação da saúde nos territórios em tempo real, trazendo informações relevantes sobre a cobertura da unidade de saúde. E desta forma, a gestão municipal terá condições de identificar o número de gestantes, idosos, acamados, pacientes de doenças crônicas na localidade e propor ações preventivas e de controle junto à população.

Na sessão ordinária do último dia 1º de novembro, o vereador Belitardo ainda teve aprovada uma indicação legislativa que solicitou do Poder Executivo Municipal, a construção de academias ao ar livre, tanto uma para o Residencial Antônio Costa Filho, quanto outra para o residencial Santos Guimarães, na zona norte da cidade. (Por Athylla Borborema).


Imprimir Facebook Twitter Google