agosto de 2017

Comissão do Simpósio das Águas se reúne em Alcobaça no plano de revitalização do rio Itanhém  

 

Um novo encontro entre os integrantes da comissão que está construindo o plano da realização do Simpósio das Águas que deve ocorrer em Teixeira de Freitas no mês de março de 2018, objetivando revitalizar o Rio Itanhém da nascente até a foz, se reuniu na manhã desta segunda-feira (07/08), na cidade de Alcobaça, antecipando as próximas reuniões de trabalho em Medeiros Neto e Itanhém. Anteriormente já haviam ocorrido outras reuniões de trabalho em 8 de abril, 12 de maio, 10 de junho e 14 de julho.

A nova reunião ocorreu no plenário da Câmara de Vereadores de Alcobaça e reuniu tanto o presidente da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, vereador Agnaldo Teixeira Barbosa, o “Agnaldo da Saúde” (PR), quanto o presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, vereador Érico Carlos dos Santos Miranda (PRP). O encontro foi para formalizar o tratado de trabalho para a realização do Simpósio das Águas e se abordou exclusivamente do tratamento jurídico dos recursos hídricos, planejamento cientifico, relatório técnico e da captação de recursos para revitalizar nascentes e todo o leito do rio Itanhém, ou rio Alcobaça como é também conhecido.

 Além do presidente Érico Miranda ainda participaram do evento, os vereadores por Alcobaça, Alessandra de Souza Alves, o “Sandra do Canta Galo” (PDT), Benedito Santos Trancoso, o “Pipi de São José” (PRP), Pedro Samarony dos Santos Oliveira, o “Go da Colônia” (PSD), Gildásio Souza Trindade (PT), Nailton Farias Vieira, o “Mestre Alegria” (PR) e Uedres da Cruz Santos, o “Dedé do Caxangá” (PSL). Além do secretário Municipal de Meio Ambiente de Alcobaça, Jackson Lacerda Santos, o “Jakão”.

De Teixeira de Freitas participaram, além do presidente Agnaldo da Saúde, os vereadores Marcílio Carlos Goulart (PT), Wildemberg Soares Guerra, o “Sargento Berg” (PSDB), Erlita Conceição de Freitas (PT), Valci Vieira dos Santos (SD), Ronaldo Alves Cordeiro (PSC) e Ailton Lacerda Ferreira (PSC). Além do subprocurador da Câmara Municipal, advogado Luciano Porto; e o diretor Municipal de Agricultura de Teixeira de Freitas, Jailson Matos e inúmeras outras pessoas interessadas no assunto e integrantes da organização do evento.

De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, vereador Agnaldo da Saúde, precursor do projeto, a realização de mais esta reunião foi para elaborar uma nova pauta a respeito da bacia hidrográfica do rio Itanhém, para o simpósio de gestão das águas, rotas de integração regional para o desenvolvimento sustentável no contexto hidrográfico com a missão de fomentar políticas com desenvolvimento sustentável para a construção de uma proposta sólida e viável de gestão das águas.

Segundo Agnaldo da Saúde, foi pensando no papel da água como elemento vital para o desenvolvimento regional, especialmente no momento em que a região extremo sul da Bahia atravessa uma de suas piores secas da sua existência, onde estima-se que o maior prejuízo econômico e ambiental da história esteja ocorrendo agora, aliado à necessidade de uma maior demanda desse bem público necessário para impulsionar o desenvolvimento da região, bem como nos desafios de integração entre as políticas públicas e o planejamento estratégico, tanto que não foi por ocaso que o tema central escolhido para o 1º Simpósio das Águas será “Governança da Água – Desafio para Integração do Extremo Sul no Presente e Futuro”.

O presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, vereador Érico Miranda disse que a importância de Teixeira de Freitas, cidade polo da região, poder sediar um evento desse porte, é de essencial valor para a questão da água, uma pauta tão extraordinária nos dias de hoje. Para o presidente Érico Miranda, a riqueza do simpósio estará no envolvimento dos atores locais. Então, se os problemas são específicos, as soluções também são. E o mais importante é buscar aprendizado do presente focando no futuro, com a conquista de projetos em favor das águas urbanas e desenvolvimento; segurança hídrica; erosão e transporte de sedimentos; revitalização de rios, recuperação e conservação hidroambiental.

 “Como teixeirense e como parlamentar que busca fazer parcerias, já posso dizer que estamos muito felizes com os resultados das primeiras reuniões técnicas em favor do Simpósio das Águas, que tem caráter técnico científico e ajusta o foco para o nosso Estado no quesito ‘recursos hídricos’. A discussão tem que partir da sociedade, o Poder Legislativo vai ser o protagonista, vamos buscar recursos para recuperar nossos rios, mas a população é o grande ator desta iniciativa”, ressaltou o presidente Agnaldo da Saúde. (Por Athylla Borborema).


Imprimir Facebook Twitter Google